terça-feira, 17 de abril de 2012

Semana de Aniversário 2012- Dia 04 - Sora Namida Iro *tradução*


Conheci essa música em 2009 mais ou menos, e sempre achei ela super linda. Quem canta é o LM.C, mas nem tem clipe  =/  Peguei um vídeo do Youtube pra vocês acompanharem a tradução (*cuidado, vocês vão levar um susto no começo do vídeo [eu pelo menos quase morri  xD]).
Outro dia um casal sobrevivente da bomba de Hiroshima foi na minha escola dar uma palestra (*era a segunda vez que eu via a palestra) e depois nós ficamos conversando (*tentando, uma mistura de Japonês com Português  >.<). Eu simpatizei muito com a Obacchan, Junko Watanabe, porque dá primeira vez ela me deu um Tsuru pra dar pra minha avó por causa do nome dela, Sadako. Sadako foi uma menina que foi atingida por uma das bombas atômicas, aos 9 anos (*se bem me lembro) ficou com câncer e, com medo de morrer, começou a fazer Tsurus. No Japão existe uma lenda que diz que se você fizer 1000 tsurus um pedido será realizado, além de trazer sorte e saúde. Muitas pessoas ajudaram, mas infelizmente ela morreu antes de completar os origamis  =/  Quando eu comentei que o nome da minha avó também era Sadako ela deu um Tsuru que tinha feito pra eu dar pra ela.
Dessa vez, eu queria dar alguma coisa escrita em japonês pra ela, a única coisa que consegui pensar foi na letra dessa música que eu tinha passado e que estava guardada na minha mochila. Eu dei  :B  Eu e meus amigos também fizemos uma caixinha cheia de origamis pro casal e pra filha de um deles, que estava os acompanhando.  Espero que ela tenha gostado e que vocês também gostem  =D
Lembrando, não fui eu quem traduziu, foi o blog Marble+S  =) 

video

Título Original: ~SORA namida iro~
Título Traduzido: ~CÉU a cor das lágrimas
Artista: LM.C
Traduzido por: Marble+S


-CÉU  a cor das lágrimas-

No caminho habitual para casa
A melodia daquela noite milagrosa não irá desaparecer

Mesmo que qualquer coisa seja boa, não há um bom motivo
Que no azul céu, as lágrimas caíram
Peças do quebra-cabeça que eu não terminei estão espalhadas
Elas estão amontoadas até alcançar o estagio em que me impedem de caminhar

E agora, durante este segundo, algo nasce 
Mas durante esse mesmo segundo, algo também desaparece

Você pode manter este olhar distante, você pode fazer desvios 
Está tudo bem não dar nenhuma resposta, mas volte aqui um dia
Através das palmas de nossas mãos, que estão juntas sob o sol, nós vemos o mesmo vermelho 
Afinal, eu estou fazendo coisas assim, enquanto você está hesitando, e é quando você fugiu

Mentira ou verdade, tudo surge e depois desaparece
Aqueles que são como o travesso tempo chuvoso
Mas a cor do arco-íris que voa em todos os sentidos completamente imprudente
Imediatamente se transforma em cinza nesta cidade

E agora, durante este segundo, algo nasce 
Mas durante esse mesmo segundo, algo também desaparece

Você pode esconder suas lágrimas, você pode continuar a ser um rebelde
Você não tem que forçar-se a rir, mas volte aqui um dia
"Se você não conseguir desistir, desista de querer desistir"
O grupo de corações azuis estavam cantando, você percebe que se pudesse ver, as coisas seriam simples

Sem falhar, sempre, o céu continua passando, acima de nós

Através das palmas de nossas mãos, que estão juntas sob o sol, nós vemos o mesmo vermelho 
Afinal, eu estou fazendo coisas assim, enquanto você está hesitando, e é quando você fugiu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...